Em Cima da Hora
recent

Sesi orienta moradores do Rio sobre combate ao Aedes aegypti

da AGÊNCIA BRASIL, no RIO DE JANEIRO, (RJ)

Uma casa inflável foi montada no Largo da Carioca, no centro do Rio,  para mostrar aos visitantes como se prevenir contra o mosquito transmissor da dengue, zika e chicungunha.

A casa Sesi Livre do Aedes aegypti é uma iniciativa do Sesi Rio, em parceria com o Instituto Oswaldo Cruz. A médica Andrea Camargo, participante do projeto, enfatiza que é mais fácil não deixar o mosquito nascer do que combatê-lo, daí a importância da prevenção. 

Os ovos do Aedes aegypti resistem até 450 dias fora da água. Para o autônomo Reinaldo Andrade foi inesperado saber que áreas secas também podem abrigar esses ovos. 

Quem visitou a casa tirou dúvidas e conversou com especialistas. A aposentada Shirley de Souza ficou surpresa com as explicações sobre o Aedes. 

O local tem cômodos de tamanho real e mobiliário temático. Os visitantes receberam orientações de que pontos da casa podem se tornar focos do mosquito, informações sobre como acabar com recipientes de água parada em casa e esclarecimentos sobre o uso correto de água sanitária, inseticidas e repelentes.
Redação

Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.