Em Cima da Hora
recent

Comissão Especial do Impeachment vai definir presidente e relator nesta terça-feira

PAULA MARIA DUARTE
do PORTAL UNIVERSO, em BRASÍLIA, (DF)


O senador Raimundo Lira (dir.) foi indicado pelo PMDB para presidir a comissão.

Foto: Reprodução

Esta marcada para a manhã desta terça-feira, 26, a primeira reunião da Comissão Especial do Impeachment no Senado. Foram confirmados 21 senadores indicados por suas bancadas. A presidente Dilma Rousseff também foi comunicada de eleição da comissão e o pedido para que se manifeste caso tenha interesse.

Dono da maior bancada da casa, caberá ao PMDB a indicação do presidente da comissão especial. O relator caberá ao bloco de oposição, o nome indicado foi do senador Antônio Anastasia (PSDB-MG). Porém esta havendo discordia por parte de senadores governistas. Senadores do PT vem travando uma batalha para tirar do senador tucano a relatoria da comissão.

"Não estamos pedindo a relatoria para nós, mas queríamos que o mesmo critério de escolha do presidente pesasse neste caso aqui. Não é justo. Como é que se coloca um relator do PSDB, o maior aliado do senador Aécio Neves? Qual é a isenção para discutir se há crime, ou não?", questiona o senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

Os questionamentos provocaram um incômodo no PSDB. "É uma implicância do PT em relação a um quadro qualificado do PSDB, que tem todas as condições para exercer essa função por toda a sua trajetória de honradez e decência. O que a bancada do PT enxerga como provocação nós enxergamos como implicância. É uma mera implicância, uma birra, uma quizila.", disse senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB).
Redação

Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.